Jump to content

Citizen

Members
  • Posts

    305
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    13

Everything posted by Citizen

  1. Olha, eu acho que é mais provável eles lerem o pedido se for feito lá no Discord; principalmente se for na aba de feedback semanal lá. Ou talvez se a gente ficar enviando ticket pra central de suporte?
  2. Qdo houve um evento desse tipo? Tem algum link pra eu ler como foi?
  3. Adorei a ideia! E poderia ter umas arenas de PVP apenas para essa classe, e poderiamos chamar essas arenas de ginásios, e ter uma de cada elemento.
  4. Nossa, não faço a menor ideia de onde que vem essa música. Deve ser de algum filme da Disney.
  5. Bloquear aqui no forum? Eu acho que dá pra fazer isso, sim, mas eu nunca testei. Se vc deixar o mouse em cima do avatar, vai aparecer uma janela, e tem a opção "ignorar". Mas eu nunca cliquei nela.
  6. Esse é um problema antigo. Não aparece em alguns navegadores. Tente usar outros navegadores, ou até mesmo o teu celular. A staff deveria concertar isso, e é impressionante como que a gente ama tanto esse jogo, que a gente tem que se esforçar pra botar dinheiro. E mesmo assim, a gente se esforça.
  7. Aprendiz -> Super Aprendiz -> Estagiário -> Aventureiro Júnior -> Aventureiro Sênior -> Gerente de Aventuras -> Diretor de Aventuras -> CEO do Éden E a classe vai poder craftar manuais de bonificação de xp e drop. xD
  8. Eu acho que dar ban eterno é muito pesado. Poderia ter dado ban de 1 semana, em caso de reincidencia dentro de, sei lá, 6 meses, teria ban de 1 mês. E reincidencia, levaria ban de 1 ano. Sei lá, algo do tipo. Mas logo de cara levar ban eterno, a não ser que a pessoa tenha falado uma coisa absolutamente horrorosa, não concordo. Esse controle, com bans eternos em uma plataforma como o Discord na qual o usuário usa a mesma conta para várias comunidades, gera um ambiente que, na minha opinião, é tóxico. Mas, porém, contúdo, entretanto... Tem uma coisa que não entendi na sua reclamação. Talvez eu tenha te entendido errado, mas você disse que fez a crítica no Discord pq a staff só lê comentários no Discord. Foi o que entendi desta tua frase: Eu entendi que vc acha que foi banido por ter postado um meme (do "faz o R") e por ter parafraseado o Away. Mas minha pergunta é: você queria apenas desabafar ou você queria realmente que staff lêsse o teu comentário? Eu não sei se a staff lê os tickets sobre reclamações do jogo, ou se é um estagiário que cuida dessas coisas, mas vamos supor que é a Ana e o Rúfio que leem os tickets nos quais a pessoa reclama do jogo. Você enviaria um ticket com um meme ("faz o R") e uma piada inspirada no Away? Eu concordo em haver regras e alguma forma de controle. Por exemplo, se a pessoa está em um ônibus, não é permitido importunar o motorista. Se a pessoa está em um restaurante, mesmo que a pessoa tenha pago muito pela comida, se ela assediar os garçons, eu acho que o estabelecimento tem o direito sim de retirar essa pessoa. Imagina um bar, e tem uma pessoa extremamente bêbada, incomodando muito os funcionários do bar. Mas, enfim, o que vc disse no Discord, aparentemente, não foi algo super horroroso. Não acho que justifique ban eterno. A grande masela das redes sociais, todas elas, é que elas são regradas com apenas uma medida: banimentos e cancelamentos. Isso não leva à solução alguma, apenas à solidificação de bolhas de eco. O Frostmourne pode até ter dito algo ofensivo, e talvez até mereça algum tipo de punição, mas banir ele eternamente é descabido.
  9. Alfaiate seria ótimo, não sei pq a Gravity nãe fez isso no passado! Uma classe para a produção de equipamentos como botas, capuzes, armadures e chapéis! As primeiras classes do Ragnarok foram claramente inspiradas no D&D. Tem até Bardo! Faltou o Druida. Não sei pq não implementaram um druida. O mais próximo disso foram os Doram. Aliás, de certa forma parecido com a tua ideia, os doram tem três caminho: suporte, mágico e ataque à distância. Mas, putz, como seria legal terem Druidas no Ragnarok! Druidas vem da cultura Celta, tem tudo a ver com a temática do jogo! Minhas ideias de classe seria que haveriam outras maneiras de renascer. Em uma dessas maneiras, o jogador iria para Niffheim e falaria com uma entidade chamada Hela, e seguiriam um caminho sombrio, viabilizando as Classes Profanas: Paladino Caído - uma evolução alternativa ao Paladino, que foca em dano físico, dano mágico do tipo sombrio e debuffs. Na sua versão mais forte, pode cavalgar um Pesadelo. Necromante - evolução alternativa ao Sumo Sacerdote, focado em dano mágico sombrio, debuffs e invocação de zumbis e esqueletos. A cada vez que ele mata um monstro, ele invoca um zumbi, até no máximo 5, e eles duram por até 1 minuto. Lich - evolução alternativa ao Professor, focado em magias sombrias. O personagem se torna do tipo Morto-Vivo, e não mais humanóide. Para além das classes profanas, não sei porquê que o Ragnarok não tem esta classe: Beserker (Bárbaro) - Pô, Ragnarok é coisa de Vinking, como que o jogo não tem uma classe como Bárbaro do D&D? Tá, o ferreiro pode jogar de machado, mas quem tem a habilidade Frenesi é o Lorde, classe que não usa machados! (Esta classe receve bônus ao estar em um grupo no qual tenha um Bardo ou Odalisca)
  10. Atualizaram: https://playragnarokonlinebr.com/kachua
  11. Citizen

    Chat OT

    Melhoras, Vlad! Beba muita água e fique em repouso! Ano passado eu peguei covid e bateu bem forte. Demorou 10 dias pra febre passar. Talvez seja o caso de vc fazer aqueles testes. Eu fiz uma vez, e deu negativo. Fiz outra vez, e dai sim deu positivo. O anjo dos Super Aprendizes está com vc e logo logo vai invocar a habilidade Ajuda Angelical! Vou dar uma olhada! Conheço pouco de HQs também, mas tenho algumas. Eu tenho uma do Thor, O Carniceiro dos Deuses, que é excelente. Nunca vi o filme, mas a HQ é ótima!
  12. Retiro o que eu disse, veio nerf sim. O escudo levou nerf. Era pra ser bem mais forte.
  13. Pois é, faltou a staff trazer um items com um nerfizinho pra a gente ter o que discutir! Pô, staff!
  14. Confesso que viciei em Delicious in Dungeon! Que anime legal! Gostei tanto que até comecei a ler os mangás!
  15. Citizen

    Chat OT

    Nossa eu gostava muito de assistir Teen Titans! Eu adorava o estilo do vilão do Robin!
  16. Citizen

    Chat OT

    Há alguns anos atrás, eu tentei mexer com esses programas de música, e descobri que é muito difícil pra mim! Eu usava um programa, acho que o nome era Cakewalk. Eu testava com alguns plugins. Tinha uns, LABS acho que era o nome, que tinha instrumentos com som muito bonito, e era tudo de graça. Mas tudo que eu fazia era ruim! Na época, eu até arrangei um teclado MIDI, mas já vendi desde então. A única coisa que eu guardei daqueles meus experimentos foi uma música 8-bit do Ragnarok. Mas essa eu usei cheat code, trapeceei. Eu peguei a música de abertura do jogo escrita naquela linguagem formal de música e usei um programa que conseguia ler, junto com um plugin pra musica 8-bit, Magical8Bit Plugin. Ou seja, um plugin em cima do outro! E como imagem eu peguei uma imagem de um Game Boy antigo e colei uma giff em cima - meu sonho seria jogar Ragnarok num Game Boy, mas nunca tive o DS! E esse é o único experimento que sobreviveu pq, sei lá o motivo, eu fiz upload dele no YouTube. Tem gente muito melhor que eu fazendo remakes das músicas do Ragnarok! Desisti completamente de mecher com música, e hoje em dia, tenho apenas um violão empoeirado no canto da sala.
  17. Entrei no jogo agora e reparei que, na tela pra escolher os personagens, está escrito Lee MyoungJin: Aliás, em todos os sites de ragnarok, incluindo o do bRO, no final, aparece: " © 2024 Gravity Interactive, Inc. © 2002 ~ 2024, Gravity Corp. & LeeMyougjin. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. " Só agora que reparei que o nome dele aparece em todas as coisas do jogo, mas não no relatório financeiro da Gravity, o que indica, acredito eu, que o Lee Myoung Jin não vendeu os direitos autorais, mas os "alugou". Se o contrato vence em 2033 e o Lee Myoung Jin resolver não renovar, será que fecham todos os servidores de Ragnarok? 😅
  18. Citizen

    Chat OT

    Algumas ficaram muito boas! Dá muito trabalho recriar elas?
  19. Citizen

    Chat OT

    Não consegui passar da Fase 2 do teu jogo! E olha que to jogando no modo fácil! Morri naquela parte dos peixes saltadores! Gostei muito da escolhade musica! Compartilha as suas recriações das musicas do Sonic! Ah, minha ideia sobre jogos e filosofia é que, na minha opinião, jogos permitem explorar muito bem certas partes da filosofia. Por exemplo, se a pessoa brincar com red stone no Minecraft, ela vai aprender lógica básica. Na filosofia, há vários experimentos mentais, que eu acredito que podem muito bem serem recriados em jogos. Tem um filósofo, chamado Thi Nguyen, que diz que jogos são a arte da ação, de manipular a ação, a capacidade e forma de agir - e é isso que tornaria jogos uma arte distinta das outras. Então, Tetris não tem um arco narrativo e nem imagens bonitas, mas ainda assim é arte, pois modifica a nossa ação de uma maneira em específico. Foi esse trabalho do Nguyen que me despertou o interesse em aprender a programar! Por exemplo, eu joguei um jogo na Steam feito para pessoas cegas; é uma maneira de nós, não-cegos, termos alguma noção do que é estar cego! Enfim, eu adoro assunto, entao é melhor eu parar por aqui!
  20. Citizen

    Chat OT

    Caramba! Super bacana! Mas pq vc foi aprender alemão? E compartilha os joguinhos que vc fez com a gente! Sabia que vc tinha coisa pra arte! As giffs que vc fez, a da guilda dos Sem Meta, tava suspeitando muito vc saber tanto assim de pixel art e giffs! Cara, muito legal! Joguei o teu joguinho do esquilo, no modo fácil mas mesmo assim morri rápido! Putz, meu sonho ainda é fazer jogos. Não sei pq não aprendi programação mais cedo. Só mais recentemente, há uns 4 anos, resolvi aprender a programar - pra fazer jogos! Fui aprender C#, por causa da Unity. Mas sempre acontece a mesma coisa comigo: eu resolvo aprender, começo com disciplina, várias horas por dia, mas depois de um mês, a vida vai se acumulando, eu vou tendo as obrigações do dia-a-dia, e vou deixando de lado o aprendizado de programação. Todo ano, desde uns 4 anos pra cá, eu tenho repetido o mesmo ciclo! Agora que o Brackleys voltou a fazer tutoriais, mas para o Godot, fiquei animado em aprender Godot junto com ele lançando os tutoriais. Meu sonho é mesclar as minhas duas paixões: jogos e filosofia. E é meu sonho atual mesmo, não é o meu sonho de criança não. Tô cheio de inveja de vocês dois que já criam jogos como hobbie!
  21. Citizen

    Chat OT

    Me fez lembrar quando eu era criança, meu amigo me emprestou um CD com o RPG Maker. Era férias, então eu podia ficar no computador do dia todo. Mas peguei uma dor de cabeça enorme! Deve ter sido dengue, porque nunca mais tive uma dor de cabeça como aquela. E fiquei tentando criar joguinho no RPG Maker enquanto estava doente. Fiquei assim durante quase uma semana e parei de jogar. Depois disso, nunca mais consegui jogar RPG Maker. Peguei trauma! Toda a vez que tentei jogar, sentia um enjoo! Fiquei tipo aqueles cachorros de Pavlov! Até hoje não consigo usar o RPG Maker. Então fica a dica: se estiver muito doente, NÃO jogue um jogo bom!
  22. É mesmo! Li errado! É 2033. Mas você levantou um ponto interessante aí. Quando o contrato terminar, quem é que perde: o Mr. Myound-Jin Lee deixa de receber ou é a Gravity que perde o direito de usar a marca? Tem que ver a lei coreana, mas depende do contrato também. Com relação à ele bater as botas, se for como as leis do países ocidentais, os direitos vão pra família. Tipo os direitos do Senhor dos Aneis, que foi pro filho do Tolkien. E algumas décadas após, depende do país, mas acho que seria uns 80 anos, ficaria em domínio público. Não me espantaria as leis de direitos autorais da Coréia serem parecidas com as dos EUA, tendo em vista a enorme influência e importância dos EUA naquele país. Olha, eu acho que é da Gravity mesmo. Eles deselvovem vários jogos mobile. Bom, a empresa arrecada na casa de meio bilhão de dólares por ano, é muita coisa! Mas a grande maioria desses programadores vão ser demitidos logo. São contratados só pra terminar algum joguinho. A minha impressão é que a Gravity lança trocentos jogos mobile, e quando um deles dá muito certo lá no mercado asiático, aí sim eles abrem pro mercado ocidental. Engraçado que na sua especulação, o valor alcançado é quase que exatamente o que eu gastei naquela época! Dois daqueles pacotes mais caros de rops durante uma black friday. Caramba, além de ter mensalidade, o gacha deles não tem pity system e não revelam a probabilidade! E os equips mais apelões vem de lá! @Chihaya Kisaragi deve saber mais sobre isso. É interessante esse tipo de comentário. Você realmente leu o meu post? Eu escrevi em algum momento que o jogo, ou seja, a jogabilidade está melhor? Falei que não está em crise, ou seja, que o servidor não está perto de fechar, pois no final as contas, o servidor vai ficar aberto enquanto der dinheiro pra Gravity. Aliás, você leu todo o comentário do Squirt? Leu a última frase que ele escreveu?
  23. Citizen

    Desafio Sem ROPS

    Vc pode usar aquele bolo de aniversario do browiki, que dá bônus de xp e sempre tem gente vendendo.
  24. Vanargand, eu acho que você está caçando pelo em casca de ovo. Sim, eu concordo. Mas o que eu afirmei foi que "apesar" dos nerfs, teve aumento da arrecadação. Não especulei no post sobre os lucros que o Rangarok dá, pois é impossível com os dados fornecidos. Mas temos um dado, que é a arrecadação. Se esse número aumenta, é um indicativo de que as coisas estão indo bem. Se esse número diminui, é um indicativo de que as coisas estão indo mal. "Indicativo" e não "certeza". Uai, o que tem de confuso no que eu escrevi. Vou colar aqui o que eu escrevi: "Caso vocês olhem a tabela de jogadores, verão um aumento constante no número de jogadores no iRO desde do Q3 de 2022 (média de 1,110). Tem vários motivos para isso, incluindo não apenas a reformulação no esquema de updates deles, tal como a possível caça aos servidores privates, mas o documento não trata desses assuntos." - Eu acho que deixei claro que "o documento não trata desses assuntos". Está vendo porque estou dizendo que você está caçando pelo em casca de ovo? Enfim, você faz vários outros comentários, mas sinto que você pende ao ceticismo. E contra um cético, nunca dá pra ganhar o debate. O cético sempre vence. De fato, se a gente apertar e apertar, o que sobra é mera especulação. A ciência econômica é uma ciência humana e não exata. A Gravity tem muito mais dados, mas mesmo ela não tem todos os dados relevantes para o negócio dela. Certas coisas, nem dá pra botar em dados, tais como a qualidade do jogo aumentar ou diminuir. Sempre tem um milhão de fatores. Se alguma empresa lançar um jogo parecido com o Ragnarok, porém melhor, pode ser que caia o número de jogadores do bRO. É possível até mesmo que o poder financeiro do brasileiro tenha diminuido, e então mais pessoas pararam de comprar jogos novos na Steam ou Playstation, e tenham se voltado para jogos antigos e gratuitos, o que levaria a um possivel aumento na arrecadação. Enfim, o ceticismo sempre ganha. Vou dar um exemplo da sua postura cética: Sim, não temos o dado concreto do número de jogadores. E por isso mesmo eu deixei bem claro que estava especulando. A especulação mais segura (uma indução forte) é que o número de jogadores do bRO tenha aumentado. O único dado que temos é o "average concurrent users" e "pick concurrent users". Mas então, por quê a Gravity usa esse números? Como você disse, o número de acesso únicos seria um indicativo melhor de quantas pessoas jogaram o jogo. Mas esse número não seria útil para analisar o jogo, pois, como a Gravity diz: "We believe that the number of users as measured by PCU or ACU (i) is a measure of our active user base and (ii) is correlated with revenues, as revenues from an online game depende on the number of users as well as time spent playing the game". Okay, então pra quê especular o gasto dos jogadores do bRO naquele meu último parágrafo? Pois, mesmo especulando, dá uma ideia do quanto as pessoas gastam com o jogo. Quanto que nós gastamos. Quando falamos "a Gravity arrecadou 1,7 milhão" isso é meio abstrato. Quando especulamos quantos jogadores gastaram com o jogo (e como lastro, usamos como base o número médio de jogadores online ao mesmo tempo), isso torna o gasto mais real. Por isso mesmo que minha última sentença naquele parágrafo é "Mesmo que tenha gente que gaste R$15 mil por ano, ainda assim, precisaria de mais de 600 pessoas gastando esse valor para alcançar os 9,5 milhões de reais." Veja como deixo extremamente nítido que nem especulação é; é apenas uma possível medida pra gente ter noção do quanto a gente gasta com o jogo. Quando especulo sobre o gasto médio dos jogadores, é uma provocação mesmo. "Média" não significa o mais comum. O jogador "médio" não gasta em torno da "média". Jogos free-to-play geralmente dependem das whales, as baleias, que gastam muito com o jogo. O lucro que a empresa faz com o bRO não revelaria o quanto a gente gasta. É bem mais interessante (pelo menos pra mim) saber o valor total arrecadado, pois esse é o valor que a gente depositou na conta deles. No geral, eu sinto que você está bem cético com relação ao uso desses dados. E por cético, digo no sentido filosófico, ou seja, não afirma e nem nega a verdade de coisa alguma. Acho que você vai se sentir ainda mais incomodado com o meu próximo post sobre este assunto, pois vou especular ainda mais! O divertido é justamente especular com base nos dados! Cabe ao autor deixar claro o que é dado e o que é especulação; coisa que fiz, você que tá caçando pelo em casca de ovo.
×
×
  • Create New...