Jump to content

Vitor Victor

Members
  • Content Count

    21
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Vitor Victor last won the day on May 9

Vitor Victor had the most liked content!

Community Reputation

22 Excellent

About Vitor Victor

  • Birthday 08/24/1985

Recent Profile Visitors

240 profile views
  1. Toda a história ancestral de Geffen sendo contada. Só vem!
  2. Ei. Aos poucos a gente conta tudo. As menores também vão ser contadas no momento certo.
  3. Hoje é a vez de Payon e suas histórias pessoal. Vem conferir!
  4. Vídeo novo pessoal. A história de Morroc no ar!
  5. Fala pessoal. Vídeo novo no canal, espero que gostem!
  6. Tem muita coisa pra contar ainda. Aviso essa semana quando sair o próximo vídeo. Vou deixar um segredo aqui, vamos contar como surgiu Prontera. Shhhh.
  7. Fala pessoal. Eu pretendo contar histórias do Ragnarok no meu novo canal. Passa lá e espia, ta muito legal. Deixa aí no fórum se tem alguma história que você quer que eu conte
  8. Oi pessoal. Comecei um canal modesto para contar histórias de Ragnarok, aventuras, quests... Dá uma conferida. Ainda é o comecinho, então sejam gentis, vamos melhorar muito ainda hehe.
  9. Mentira, a dos Sentinelas eu falei que melhorou haha.
  10. Era uma mistura, o lance era imaginar a armadura do meu personagem já mais velho. Poxa, eu não gostei do conceito do Shadow Cross, não ta feio, mas regrediu muito. Pra mim não tem como ser ágil com essa capa, nessa altura do campeonato a classe nem é mais focada no aspecto "Ladino", o foco é um guerreiro sombrio e venenoso. Senti falta da armadura. Hoje meu sicário é lindo, parece até o cavaleiro de Sagitário rs. Já imagino ele nesse sprite pavoroso da classe 4. Torcer pra mudarem tudo!
  11. Ei pessoal. Deixa eu falar das artes um pouquinho com vocês. Opinião pessoal tá? Eu trabalho com arte e a impressão que eu estou tendo das artes da classe 4 é que contrataram bons artistas mas alguém limitou o resultado final. O que não é incomum nesse ramo. Isso foi um grande vacilo. Quando vieram transclasses, fizeram um trabalho INCRÍVEL, mesma coisa na classe 3. Me lembro que quando anunciaram as classes 3, saíram uns sprites que no resultado final foram alterados. Por isso eu tenho esperança de que consertem os sprites da classe 4 ainda. Todas as roupas foram simplificadas, TODAS. Parece uma preocupação com criar sprites e animação, mas não posso ter certeza. Mas quando a gente coloca a classe 4 do lado da 3, ela fica simplória, sem graça. Em todo caso, deem uma olhadinha ai, comparem as artes conceituais com as "finais". Wind Hawk Pra começar, eu acho que esta foi uma das classes que menos sofreram na nova versão. Ela se aproxima muito da pegada da classe 3 e ainda perde aquele tom "militar" que incomodava. Ponto pra Gravity. Troubadour / Trouvere Péssima escolha de cores para o Troubadour. O resultado final dele não parece um artista, mas um rei. Na primeira olhada nem achei que era a classe do Trovador. A Trouvere foi sucesso, parece uma uma cantora pop e o azul combinou com a roupa, no entanto ela não está mais parecida com uma dançarina e isso é um problema. Eu gostei muito da arte conceitual que queriam fazer o Troubadour se parecer com Orfeu. Uma pena não terem investido nisso. Entre mortos e feridos o resultado dos dois foi razoável. Dragon Knight O Dragon Knight teve um resultado "ok". É de se esperar que a classe protagonista do jogo tenha mais atenção, o conceito da capa que também são asas é muito bom, mas é nítida a simplificação da arte final. Se não fosse a capa, essa classe se pareceria com um cavaleiro simples no resultado final. Tinham ideia boas na armadura de detalhes que deixavam o layout mais rico. Como as runas no Cavaleiro Rúnico hoje em dia. Vacilaram aqui. Imperial Guard Uma arte conceitual LINDA, ideias sensacionais e um resultado final porco. Uma armadura genérica, simplificada, que quando você coloca ao lado da classe 3 parece até que esta é uma classe inferior ao Guardião Real. Nota 2. Shadow Cross Esta é minha classe no jogo hoje. A arte conceitual trás uma evolução da atual armadura do Sicário e está demais. Parecem guerreiros sombrios, MAS no resultado final, que não está ruim, vamos deixar claro, abandonaram totalmente o conceito e fizeram uma roupa super genérica, sem armadura e sem graça. O sprite final é até bonito, mas foge ao conceito da evolução que a classe vem tendo no jogo. Assim como o Imperial Guard, essa classe parece inferior a sua classe 3. Fora o fato que uma classe ágil como essa não deveria tem uma capa com capuz. E os artistas continuam insistindo em representar essa classe com armas que não existem e que eles não podem usar. Luvas com garras, foices, etc. Cadê os Katares? Abyss Chaser Já faz um tempo que a classe dos desordeiros como um todo tá sendo empurrado um "qualquer coisa ta bom". Aqui é só mais um exemplo. O Renegado, na classe 3, teve até uma melhora, mas até hoje se você colocar os sprites das classes dessa árvore aqui lado a lado, são parecidas demais, só trocaram a roupa. A arte conceitual trazia um conceito de casaco de peles que podia ter salvado o visual da classe, mas mais uma vez, simplificaram demais. Outra classe que parece inferior a sua classe 3. Arch Mage Vou nem demorar falando dessa. Conceito novo INCRÍVEL, resultado final cagado. Parecem dois maguinhos da classe 1. O sprite é até um pouco melhor do que a arte final aqui, mas ainda assim não está bom. Levaram anos pra tirar esse monte de capas da classe dos magos, botar calças na versão masculina pra agora isso? Olha que lindo a arte conceitual, os dois de calças e ARMADURA! A todos os integrantes dessa classe, meus sentimentos. Elemental Master Feiticeiros, trolaram vocês. Algumas artes conceituais até tem elementos interessantes, mas o resultado como um todo, desde a ideação até o final, inclusive os sprites é um desatre. E ainda colocaram um verde cromaqui só pra ter certeza de que não ia ter como ficar bom. Na minha opinião foi a classe que mais sofreu. RIP. Meister Gente, o resultado não está ruim, está até bonito, mas foge MUITO, mas MUITO, do conceito tecnológico irado que tem a classe 3. A arte conceitual trazia uma evolução com uma pegada meio Gundan que fazia todo sentido. Seria incrível. Outra classe que parece inferior a classe 3 na linha de evolução. Acho que perderam uma grande oportunidade de trabalhar com o conceito tech das artes conceituais. Biolo Acho que falo por todos quando digo que absolutamente ninguém gostou desse nome Biolo né? Não funciona em língua nenhuma. Sem tivessem colocado "Biologist" já era melhor do que isso. Esta é outra classe que foi muito agredida. Os Bioquímicos tem uma bioarmadura, com ombreiras com bocas que se mexem. O artista conceitual aqui queria evoluir isso e seria uma ótima escolha. Da pra ver grandes ideias, mas alguém limou no final e mais uma vez um resultado simplificado, simplório e desinteressante. Quando eu vi o sprite dessa classe masculina, eu pensei que fosse a evolução do Trovador. Resumindo, não ficou feio, mas tá fora do conceito. -2 Pontos para a Gravity. Cardinal Olha que conceito legal que iria ser os Carninais. Lindo, imponente, um luxo. Mas preferiram pegar o Arcebispo, tirar xerox, adicionar mais detalhes dourados e ta pronto. Parece que essa foi assim "só falta essa, o que a gente faz? Ah só bota uns ouro aí e tá bom". Meu parabéns ao artista conceitual e meus sentimentos, por não terem aproveitado as artes dele. Ao jogadores, sinto muito, mas vocês não vão mudar quase nada. Inquisitor A escolha mais sem sentido de todas. Toda a evolução da classe do Monge é ele se afastar da igreja e buscar equilíbrio na meditação e nas artes marciais. Um conceito bem mais oriental. Inquisidor é um membro cruel da igreja que usava a força para manter todo mundo cristão. Essas roupas não fazem o menor sentido para a classe. Aí em baixo tem uma única arte conceitual que se aproxima de uma evolução para um Shura, mas ta longe de ser algo original. Qualquer pesquisa em The King Of Fighters e Street Fighter e você acharia inspirações melhores. Shuras, to triste por vocês. Fica aí minha análise pessoal O que vocês acharam das artes? Muito antes de anunciarem as classes 4 eu fiz esta arte de como eu achava que seria ela. Errei feio.
  12. Jogo perdeu sua alma. Resumindo uma história grande, basicamente é isso. Virou pay to win, parou de trazer conteúdos relevantes e passou a não estimular mais o desafio in game, de upar, fazer alianças, quests. Fico chateado. Criar ONZE sicários para farmar dinheiro. Isso para quem viu o jogo no auge, é tão ridículo que chega ser triste.
  13. Isso não justifica não ouvir os jogadores. Se tem uma coisa que aprendi, é que empresa que lucra, é a que escuta os clientes. Existem outras formas de vitalizar e tornar o jogo atrativo, mas ao invés disso estão preferindo o pay to win full. Não tem nada de errado vender itens dentro do jogo por reais, errado é tornar isso OBRIGATÓRIO para ser alguém dentro do jogo. Você mesmo comprou rops indiretamente, mesmo não comprando em reais, sem eles você não joga. É impossível. Isso não é um sistema equilibrado. Existem outras formas de fazer todo mundo ter chance. É uma ótima ideia! Eu faço fábrica do terror, mas é pouco comparado aos preços absurdos e a economia desequilibrada. Que é isso, eu to adorando suas observações. Você tem todo o direito de defender. Não é uma questão de capitalismo, eu acho que seja uma questão de ser enganado. Não estão mais preocupados em fazer algo legal para a gente. Estão preocupados em segurar jogadores e vender. Dinheiro é consequência de algo atrativo. Hoje em dia tão fazendo o caminho inverso. "Vamos ganhar o máximo que puder as custas dos jogadores e se estiver dando lucro a gente pensa em fazer algo legal por eles". Essa é a impressão que dá. Tomara que a galera da LUG/Warpportal atenda meus pedidos e comece a ouvir os jogadores de novo. Valorizar as histórias, as quests, os itens In Game. Hoje se deletassem todos os equipes (menos cartas) conseguidos in game, não fariam falta. Tem noção?
  14. Pessoal, antes de mais nada obrigado por me responderem. Sinceramente eu não achei que haveriam respostas. Eu acho que eu estava meio emocional quando escrevi e não me expressei bem. Deixa eu explicar. Eu não sou contra e nunca fui contra evolução, pelo contrário. Hoje eu trabalho com criatividade e inovação. Sei o quanto é importante, especialmente para uma empresa, mas a questão é que o jogo perdeu a essência. Rag era todo a respeito da história e interação. O próprio Kim Hakkyu (pai do ragnarok) saiu da Gravity pra fazer Tree of Savior porque ele estava insatisfeito com o rumo que o jogo estava tomando. Hoje rag é totalmente é pay to win. Quando rops foram lançados, aconteceram protestos dentro do jogo. O servidor parou com pessoas com chats escrito "No Rops" e os clãs criaram emblemas com arte anti rops. A empresa na época disse que NUNCA um item de rops seria melhor que um item conseguido por quest, e veja como estamos hoje. Percebe o problema? Claro, houveram ações para equilibrar o jogo, mas elas surgiram justamente pelo desequilíbrio que a jogabilidade mesmo causou. Você diz que gosta da facilidade hoje em dia, essa mesma facilidade me incomoda. Antes as cosias eram um desafio. Conseguir a sua Fen era um motivo pra você upar e ficar forte. Hoje ao invés do jogo te cativar a jogar, ele te suborna a jogar. "Logue todo dia, que lá no dia 15 eu te dou uma poção que vai te dar xp". Conseguir um elmo angelical era algo massa. Quem tinha era respeitado. Hoje você paga em reais. Veja meu caso, eu preciso de alguns equipes caros que só existiram por Rops. Hoje pra eu conseguir eu preciso de dinheiro. Nada dropado in game da dinheiro. Eu preciso comprar rops para revender e conseguir ter dinheiro para comprar o que eu quero. Isso foi criado por um gênio do crime! Era bem legal. Eu mesmo era amigo pessoal de 3 das primeiras auras. A primeira noviça 99 (que era um homem rs), o primeiro gatuno 99 e o primeiro bruxo 99, que também foi a primeira transclasse de aura do servidor. Eu mesmo cheguei perto de ser o primeiro mercenário 99 mas perdi para uma mercenária que era B O T. Inclusive ela foi punida pouco depois de pegar a aura e o prêmio, que ela manteve mesmo assim. Hoje conquistar aura não tem valor porque não envolve esforço. Não envolve ter ajuda de amigos, envolve apenas logar e pagar. Te contar uma história engraçada, todo mundo que pegava a primeira aura, tinha o direito de escolher um item +9 eu acho e com slot. Mesmo que esse item não existisse com slot no jogo. Além disso a pessoa dava uma entrevista no site da LUG. Todo mundo que ia dar a entrevista levava super a sério. "Queria agradecer o clã, aos amigos, ao fulano que é o melhor [insira aqui uma classe] do jogo e blá, blá, blá". O primeiro super aprendiz 99, zuou totalmente a entrevista. Ele dizia coisas do tipo "Queria agradecer a mina mãe por ter pago a conta de luz. Ao meu pai por ter deixado eu ficar acordado até tarde". Quando perguntaram a ele como ele se sentia sendo o primeiro super aprendiz 99 ele disse "Invencível, capaz de romper qualquer barreira. Daí eu morri para um Abismal...". Sabe isso é uma das coisas que menos me incomodam. Eu já vivi uma era onde fazer amigos online era legal. Hoje por ser um pouco mais velho e ter mais coisas na minha vida, o jogo é algo pra fazer e se distrair, então o social acabou ficando na minha vida real. Mas concordo com você, é legal jogar em grupo. Acho que o que estou tentando dizer com isso tudo é que não existe um apelo aos jogadores antigos. Nós estamos aqui desde o começo e hoje estamos abandonados. Gostaria que fizessem mais pelo jogo pensando em nós. Nem os jogadores novos estão gostando, existem chats e mais chats de Quit em Prontera. Eu nunca tinha visto isso antes.
  15. Mais alguém é um jogador tão antigo que se lembra de coisas que nem os próprios funcionários da LUG sabem mais? Eu sou um desses, jogo desde o Beta. Atualmente eu sinto que o jogo não é mais feito para mim. O que é uma pena pois eu adoro jogar Rag. Eu sou um poço de conhecimento e memórias que são inúteis hoje em dia. Eu vi a chegada dos ROPS, o Bafomé com template tosco, eu vi o evento das obbs que ferrou com a economia do jogo, eu vi Rag antes de campo de treinamento de aprendizes, eu vi TODAS as primeiras auras 99 de cada classe nesse jogo, com direito a entrevista com os jogadores que pegaram a aura... Hoje eu vejo um jogo onde os melhores itens são INEGOCIÁVEIS entre contas, Bardo que não pode usar destino nas cartas, mapas e mais mapas desertos devido a atual mecânica de upe, um jogo impossível de se fazer dinheiro e por aí vai. Existe esperança para alguém como eu de ainda se sentir acolhido nesse jogo? E vocês, o que vocês lembram do BRO raiz, que para ser forte bastava jogar, upar e se divertir?
×
×
  • Create New...

Important Information