Jump to content

Chihaya Kisaragi

Members
  • Posts

    882
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    32

Everything posted by Chihaya Kisaragi

  1. Confesso que mais um ano se passou e ainda gosto de mulheres. Eu ainda penso em mulheres.
  2. Olá, pessoal e pouquíssimas garotas que acessam esse fórum. Mais um tópico. E dessa vez, é sobre um meio de alcançar o LVL 185. Já tem um tempo que isso chegou e há pessoas com dificuldade, mesmo com equipamentos avançadíssimos. A primeira coisa que vou considerar é que a pessoa já está no LVL 175+. Beleza. Sobre os mapas, ainda são as mesmas opções, Ilusão do Labirinto, Magma Dungeon 3 ou Porão de Glast Heim. Beleza. Agora vem o método. 1 - Pense em uma mulher ou garota que você gosta tanto. Tipo... gosta mesmo. Você até entregaria sua alma pra ela. 2 - Agora, pense que ela está torcendo por você e pelo seu esforço. "Faça seu melhor! Você consegue!" 3 - Agora pode confiar... na força de vontade.
  3. Não exatamente. Diria que está como teoria. A seguir, um link sobre o tema e o Ragnarok Online está incluído. https://tvtropes.org/pmwiki/pmwiki.php/SevenDeadlySins/VideoGames De fato.
  4. Hmm... Desafio "apenas multiplayer"... Interessante. Os relatos também estão legais. Qualquer dia, alguém podia inventar de jogar com as classes 2-2... como os 7 Pecados Capitais*. * Havia lido que as classes 2-2 são referência aos 7 Pecados Capitais. Templários repr sentam o Orgulho, Sábios a Inveja, Arruaceiros a Ganância, Alquimistas a Gula, Monges a Ira, Bardos e Odaliscas a Indolência e Luxúria.
  5. Bem, foi o que fiz enquanto estava no Brasil. Liderei uma guilda de apenas odaliscas e evoluções, minha classe preferida. E posso dizer que, socialmente falando, foi uma boa experiência. Meio que acabei formando vínculos com mais pessoas. Embora gostaria de ter feito mais pelas minhas "subordinadas".
  6. Vejo que o jogo ainda tem seu ânimo. Enfim, seja bem vindo e espero que curta o jogo. Sobre desafios... mesmo eu tenho minhas peculiaridades. Já consegui solar instâncias e até a torre sem fim com musa. Basicamente, já consumi grande parte do conteúdo do jogo com ela. Mas... tenho dificuldade em liderar um clã ou mesmo fazer grupos. Então, havia tentado fazer isso. No fim, isso tudo dependerá das atitudes. Então, desejo boa sorte com suas ideias.
  7. Bom dia aí. Já que estão nessa de fazer collab com diversos temas, só tenho uma sugestão ou pedido. Não façam collab com Persona 5. Bom trabalho.
  8. Edição de quote falhou aqui. @_@ Enfim... Falando assim, até parece que o pessoal que migrou não está tão familiarizado com jogos gacha. Ragnarok tem tanto jogo que já tem seus 4 Cavaleiros do Apocalipse do consumo gamer: Micro transações, eventos pagos (aquilo que chamo de mapa DLC), gacha e NFTs (isso foi com a chegada do Ragnarok Landverse).
  9. Imagino. A princípio, até pensei que estão tentando criar diversas variedades do mesmo, assim como fazem outras franquias. Embora estejam falhando. E... agradeço. Ah, sim. Ragnarok M Eternal Love (Ragnarok Masters no Japão). E... Entendo. É, aparentemente, misturar Ragnarok com elementos de gacha game daria nisso. Bem, é como havia dito. Um dos nichos mais consumistas do mundo. Apesar disso tudo, o original é que continua com vida. xD Igualmente. Bom, é que durante esses 3 anos em que estive jogando o bRO, eu já me beneficiei gratuitamente muitas vezes até, seja com eventos ou com as mecânicas atuais do jogo. E, bem, citei esses jogos gachas porque é justamente desse nicho que pertence o Ragnarok Origins. E os exemplos citados foram só pra exemplificar que não vai ser em um jogo desse tipo que as pessoas ficarão livres do aspecto P2W. Claro, se elas não se importarem com essas coisas, aí já é válido querer experimentar. Porque se for pensar assim, não iriam nem jogar até esses jogos com... garotas.
  10. 久しぶりだな。こちら千早。[Já faz um bom tempo. Aqui é Chihaya.] Fiquei sabendo que o Ragnarok Origin chegou no Brasil. Aparentemente, muitas pessoas tem se queixado do original e alegam que o novo jogo mobile está "melhor". Mas sinceramente, não tenho tanta certeza. Esse jogo já está no Japão há alguns anos, mas não tem notas razoavelmente boas. Além disso, levemos em conta que é um jogo de um dos nichos mais consumistas do mundo (ou senão o mais mesmo). De qualquer forma... Cosmic League (Cosmic Break 2 no Japão), The iDOLM@STER Million Live Theater Days, The iDOLM@STER Shiny Colors, The iDOLM@STER Shiny Colors Song for Prism, Blue Archive, Fire Emblem Heroes, Genshin Impact, Ragnarok The Lost Memories... Essa é uma pequena lista de gacha games que estive jogando ou já joguei. Provavelmente, devo ter esquecido algum. O primeiro não durou um ano no Brasil, e a maioria é jogo japonês ou que ainda bomba no mundo. Enfim, pra referência, em alguns casos, o gacha dos jogos chega a ser impiedoso (como é o caso do Cosmic Break, que sequer tem sistema de piedade). Também diria que é o mesmo caso do Ragnarok The Lost Memories. A maioria tem alguns atributos em comum. Login bônus, micro transações, passe de batalha, jogo automático, e a parte mais agridoce (ou completamente amarga mesmo) que é o gacha. Em alguns casos, o P2W já está meio que na cara. Em outros, colocar dinheiro é opcional, como Genshin Impact. Com essas referências, posso dizer que mesmo pro servidor Thor do bRO, que é dito como o servidor mais desprovido de direitos, o jogo está generoso. P2W e cruel? Talvez. Ok, não nego a existência de problemas da empresa também. Mas também não acho que seja pra tanto. E sobre o Valhalla, diria que tanto faz. O próprio bRO já seguiu por esse caminho. Já chegaram a cogitar colocar o passe de batalha. Mas aí também é válido questionar se o pessoal quer pagar por mais isso além do VIP e as micro transações que chamam de ROPs. Enfim, agradeço a leitura até aqui e a compreensão. PS: Ragnarok The Lost Memories já vai encerrar seus serviços. PS2: Já cheguei a jogar o Ragnarok Origin e criei uma odalisca. É até interessante, mas aí eu teria que partilhar o pouco tempo com outros 2 jogos que ainda jogo pra me aprimorar no japonês. Mas posso dizer que tem características de um gacha game genérico. PS3: Não sei aonde a Gravity quer chegar com tantos jogos de Ragnarok. (Sim... tantos jogos. Tem muito mesmo.)
  11. É isso aí! Feliz Ano Novo! Que venha mais um ano de desafios, superação de limites e garotas 2D.
  12. Guia atualizado com mais possibilidades de instância e algumas palavras sobre a possibilidade do LVL 185.
  13. É isso aí. Feliz Natal. E... só desafiem os limites da gula se tiverem vontade. xD
  14. 最後だ!今年もお疲れ様です![Essa é a última! Por esse ano, bom trabalho!] Foi divertido e agradeço por tudo, equipe WarpPortal Brasil. Mas é aqui que a gente se separa. Apenas... continuem fazendo esforço para deixar esse jogo com vida. Eu farei o mesmo por mim.
  15. Pessoalmente falando, Cheffenia não deveria existir por ser um evento pago, da mesma forma que DLCs. Se bem que... DLCs já são parte da realidade nos jogos. Mas como a indústria do jogo é selvagem e competitiva, tirar Cheffenia realmente não vai fazer sentido se esse evento dá tanto lucro pra empresa como os jogadores afirmam. Se bem que a administração do jogo é deles e eles quem decidem o que trazer e tirar. Sobre a adição do Corredor Fantasma... não vejo problema. Pode mandar. Sobre os MVPs terem 10 ou 100X mais HP aí já estou estranhando. Em um servidor que corta o dano dos personagens para dar apenas 10% de dano, desde quando isso é problema pra gente? Sobre caçar MVPs... os mapas deles ainda existem. E ainda tem pelo menos duas instâncias que contribuem.
  16. Penúltima manutenção... Primeiramente, bom trabalho. Novo Login Bonus, ok. Rafa da Rifa... ok. Algumas rifas não estão interessantes e Rafa da Rifa aparentemente é algo fora de cogitação pra quem joga no Valhalla. Continuam alguns eventos... ok. Mas creio que de qualquer forma, só vou passar o tempo de jogo no teatro de comodo ajudando o pessoal enquanto faço algo mais.
  17. OK, aí já vi desvantagem em ter manutenção a cada duas semanas invés de uma. Apesar de que o correto seria fazer manutenção extraordinária e consertar isso.
  18. De fato, o jogo está mais fácil pra conseguir equipamentos ou até pra pegar o LVL 175. LVL 185 vai demorar um pouco, porém. Claro, falando em termos de F2P ou "jogo sem ROPs" (embora as pessoas não precisam seguir por esse extremo). Agora "valer a pena" depende dos objetivos de cada jogador.
  19. Caramba... isso está indo longe demais.
  20. Ah, puxa... pior que eu tinha imaginado que se for pra censurar tudo que tem a palavra com C, vão ter que trocar por algum sinônimo. E pensei justo na palavra "Chacoalhar". @_@
  21. Confesso que tenho me segurado pra não mandar piada suja depois dessa manutenção. Confesso que já bebi um Qoo e achei gostoso. Confesso que nunca assisti Boruto, mas já estava sabendo que esse anime tem um Ku.
  22. Justíssimo. Embora... pra ter o bônus completo dele, teria que pensar bem nos atributos. Com minha musa transcendente LVL 185, os atributos não somaram 500. E sobre treinamento... é, também devo ter sentido dores por movimento repetitivo, mas acho que acabei ignorando.
  23. Pow... aí é vacilo. A palavra nem tem acento agudo. Lembro também que por causa dessa censura, não dava pra fazer a quest da amizade porque a palavra "rocambole sem glúten" é palavrão. edit: ^ what? Como assim?! Enfim... acho que deu pra entender.
  24. Primeiramente, bom trabalho. Mas quem diria? Evento de Halloween. Novo conteúdo que ainda verei. Tickets... hmm... nada de tããããão impactante aparentemente. Enfim, beleza.
×
×
  • Create New...